Faixas Salariais x Classe Social - Qual a sua classe social?

Atualizado em 30.06.2016 08:41 por Thiago Rodrigo Alves Carneiro com 577035 visualizações.

Há vários critérios para definir classes sociais, sem uma predileção específica na literatura. Saiba mais sobre dois dos critérios mais utilizados: o critério brasil e o critério por faixas de salários-mínimo.

Duas visões relevantes sobre Classes Sociais

Atualmente, muitas e muitas pesquisas sobre consumo costumam relatar hábitos segundo as classes sociais. Entretanto, a metodologia de cálculo e caracterização de cada uma das classes é bastante difusa e há, atualmente, pelo menos duas visões relevantes:
(1) ABEP - Associação Brasileiras de Empresas de Pesquisa, mais conhecida como Critério Brasil.
(2) IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, utilizado no censo populacional.

CRITÉRIO BRASIL - ABEP e o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB) usado a partir de 2008

A visão da ABEP é a utilizada pela maioria dos institutos de pesquisa.
Segundo a ABEP, o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB) é um instrumento de segmentação econômica que utiliza o levantamento de características domiciliares (presença e quantidade de alguns itens domiciliares de conforto e grau escolaridade do chefe de família) para diferenciar a população. O critério atribui pontos em função de cada característica domiciliar e realiza a soma destes pontos. É feita então uma correspondência entre faixas de pontuação do critério e estratos de classificação econômica definidos por A1, A2, B1, B2, C1, C2, D, E.
As pontuações apresentadas abaixo para itens de conforto e grau de escolaridade são utilizadas a partir de abril de 2011 e tem como fonte o documento CCEB 2008 / LSE 2009 disponível no site da ABEP.

Critério do IBGE para definição de classes sociais

A visão do IBGE, baseada no número de salários mínimos, é mais simples e divide em apenas cinco faixas de renda ou classes sociais, conforme a tabela abaixo válida para o ano de 2015 (salário mínimo em R$ 788,00).
Esta tabela foi obtida a partir de vários artigos sobre classes sociais nas pesquisas do IBGE divulgados na imprensa e é parecida com a visão da FGV.

ClasseSalários Mínimos (SM)Renda Familiar (R$)
AAcima 20 SMR$ 15.760,01 ou mais
B10 a 20 SMDe R$ 7.880,01 a R$ 15.760,00
C4 a 10 SMDe R$ 3.152,01 a R$ 7.880,00
D2 a 4 SMDe R$ 1.576,01 a R$ 3.152,00
EAté 2 SMAté R$ 1.576,00

Confira o salário mínimo histórico no PortalBrasil.

Descubra a sua classe social com pesquisa interativa do Datafolha

Versão em flash divulgada na página do jornal Folha de S. Paulo.

Veja a evolução do poder de compra e das fatias para cada uma das classes sociais no Brasil

Pirâmide de Renda no Brasil - Segundo semestre de 2013

Pirâmide de Renda no Brasil


Receba Descontos por E-mail

Receba os melhores cupons no seu e-mail.
Você pode sair da lista quando quiser.



Redes Sociais



Aprenda a usar seu Cupom de Desconto

Há duas formas de obter seu desconto: por um código digitável no carrinho (cupom de desconto) ou por um link que habilita o desconto automaticamente no produto ou no carrinho da loja (link de desconto).

Cupom de Desconto

Ao clicar nos links azuis com um código a revelar (Ver Cupom ou Ver Código), você verá um ou mais cupons de desconto em um popup na página que se abrirá. O código deve ser adicionado no carrinho ou na tela de pagamento, sempre antes do fechamento da compra.
Os códigos geralmente dão desconto percentual ou desconto em reais no valor total da compra (exceto o frete), mas há códigos que dão brindes ou frete grátis. Há cupons que só valem para determinadas categorias, marcas, listas de produtos ou se o pedido atingir um valor mínimo de compra.

Link de Desconto

Ao clicar em nossos links azuis sem um código a revelar (Ver Oferta, Ver Promoção, Ver Desconto, etc), você habilita o desconto, oferta ou preço especial e ele aparece automaticamente no valor do produto ou no carrinho de compras. Aqui não é necessário nenhum código, pois o link já dá informações que permitem à loja aplicar eventuais descontos.

Informações Úteis

O uso do site é gratuito e queremos ajudar você a economizar em suas compras on-line.
Cupons, descontos e promoções são verificados no momento da postagem e, em alguns casos, há uma data de validade (que pode ser ou não cumprida pela loja).
Quando há limitações de estoque, promoções relâmpago ou códigos promocionais sem validade, o preço da oferta ou o desconto anunciado pode não se refletir na compra.
Preços obtidos em comparadores, e-mail, banners, redes sociais ou de outras parcerias (Visa, Mastercard, Elo, Itaú Itaucard, Banco do Brasil Ourocard, Bradesco, Caixa, HSBC, Citibank, Porto Seguro, etc) podem não ser cumulativos com as promoções e descontos de A vida é feita de Desconto.
A vida é feita de Consumo traz notícias e estatísticas sobre consumo no e-commerce e lojas físicas, novidades na legislação sobre consumo e, sob o olhar de consumidor, avalia produtos, serviços e locais de consumo em compromisso com a verdade e com os fatos.
Por Thiago Rodrigo Alves Carneiro, professor de Matemática e Estatística, sócio-proprietário do AulasdeMatemática.com.br e de A vida é feita de Desconto, Licenciado em Matemática - USP e Bacharel em Estatística - USP.

Redes Sociais

Publicidade