Faixas Salariais x Classe Social - Qual a sua classe social?

Por Thiago Rodrigo Alves Carneiro
Em 26.11.2013 04:26
205977 visualizações

Há vários critérios para definir classes sociais, sem uma predileção específica na literatura. Saiba mais sobre dois dos critérios mais utilizados: o critério brasil e o critério por faixas de salários-mínimo.

Duas visões relevantes sobre Classes Sociais

Atualmente, muitas e muitas pesquisas sobre consumo costumam relatar hábitos segundo as classes sociais. Entretanto, a metodologia de cálculo e caracterização de cada uma das classes é bastante difusa e há, atualmente, pelo menos duas visões relevantes:
(1) ABEP - Associação Brasileiras de Empresas de Pesquisa, mais conhecida como Critério Brasil.
(2) IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, utilizado no censo populacional.

CRITÉRIO BRASIL - ABEP e o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB) usado a partir de 2008

A visão da ABEP é a utilizada pela maioria dos institutos de pesquisa.
Segundo a ABEP, o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB) é um instrumento de segmentação econômica que utiliza o levantamento de características domiciliares (presença e quantidade de alguns itens domiciliares de conforto e grau escolaridade do chefe de família) para diferenciar a população. O critério atribui pontos em função de cada característica domiciliar e realiza a soma destes pontos. É feita então uma correspondência entre faixas de pontuação do critério e estratos de classificação econômica definidos por A1, A2, B1, B2, C1, C2, D, E.
As pontuações apresentadas abaixo para itens de conforto e grau de escolaridade são utilizadas a partir de abril de 2011 e tem como fonte o documento CCEB 2008 / LSE 2009 disponível no site da ABEP.

Critério do IBGE para definição de classes sociais

A visão do IBGE, baseada no número de salários mínimos, é mais simples e divide em apenas cinco faixas de renda ou classes sociais, conforme a tabela abaixo válida para o ano de 2014 (salário mínimo em R$ 725).
Esta tabela foi obtida a partir de vários artigos sobre classes sociais nas pesquisas do IBGE divulgados na imprensa e é parecida com a visão da FGV.

ClasseSalários Mínimos (SM)Renda Familiar (R$)
AAcima 20 SMR$ 14.500 ou mais
B10 a 20 SMDe R$ 7.250,00 a R$ 14.499,99
C4 a 10 SMDe R$ 2.900,00 a R$ 7.249,99
D2 a 4 SMDe R$ 1.450,00 a R$ 2.899,99
EAté 2 SMAté R$ 1.449,99

Confira o salário mínimo histórico no PortalBrasil.

Descubra a sua classe social com pesquisa interativa do Datafolha

Versão em flash divulgada na página do jornal Folha de S. Paulo.

Veja a evolução do poder de compra e das fatias para cada uma das classes sociais no Brasil

Pirâmide de Renda no Brasil - Segundo semestre de 2013

Pirâmide de Renda no Brasil

POSTS RELACIONADOS


Comentários do Facebook


A vida é feita de Consumo traz notícias e estatísticas sobre consumo no e-commerce e lojas físicas, novidades na legislação sobre consumo e, sob o olhar de consumidor, avalia produtos, serviços e locais de consumo em compromisso com a verdade e com os fatos.
Por Thiago Rodrigo Alves Carneiro, professor de Matemática e Estatística, sócio-proprietário do AulasdeMatemática.com.br e de A vida é feita de Desconto, Licenciado em Matemática - USP e Bacharel em Estatística - USP.

Redes Sociais

Publicidade